15/09/2017

A letter to my unborn baby



 Ler em Português      Read in English

Pequeno D,

Hoje escrevo-te uma carta. Ainda não nasceste mas já há tanta coisa que gostava de conseguir expressar em palavras, dizer tudo aquilo que já sinto por ti pequenote..
Acho que a minha mente ainda não tem noção do que irá acontecer dentro de um mês.. ou do que tem acontecido nos últimos 8 meses.

A verdade é que, se alguém me dissesse, há um ano atrás, que estaria grávida de 8 meses agora, eu provavelmente iria rir na cara de quem o dissesse.

Há um ano atrás.. Neste momento, há um ano atrás, estava a viver alguns dos melhores dias. A minha vida estava lentamente a mudar. Eu estava a sentir-me, finalmente, feliz novamente, depois dos piores meses que alguém pode ter, e tu sabes pequenote.. Podemos agradecer ao teu papá.. Ele trouxe alguma luz de volta aos meus dias, quando eu menos esperava..

Devo confessar que, quando vi aqueles dois pequenos mas importantes traços, senti-me assustada. Com medo do que estava para acontecer, do que as pessoas iriam pensar ou dizer, de não ser capaz de ser uma boa mãe.. Mas no fundo, havia algo a fazer o meu coração bater mais depressa, os meus olhos brilharem e uma enorme ânsia de contar a novidade ao teu papá.
Eu sabia que ele queria muito ser pai, ele queria um menino. Ele adora crianças. Eu sabia isso. Mas lembro-me como se fosse hoje da reação dele.. Aqueles olhos brilhantes com pequenas lágrimas quando lhe mostrei o teste e finalmente disse em voz alta que ele iria ser pai não engaram.. Felicidade e receio. Sei que ele receava o que iria acontecer na minha vida, visto que estava a meio do meu primeiro ano na universidade, mas sei também o quão feliz estava por ser pai!

Lembro-me que aqueles dias não foram fáceis, medos, receios, dúvidas.. No entanto, no fundo do meu coração, eu sabia que o melhor para mim, para ele, para nós e para a nossa felicidade eras tu. Ainda não nasceste e já és a coisinha mais importante que temos nas nossas vidas.


Estes últimos 8 meses passaram a correr. Foram difíceis, tenho que admitir. Principalmente, com as minhas hormonas a deixarem-me mais emocional que nunca e com todos os pensamentos e dúvidas sobre ti e o medo de falhar em qualquer aspecto que seja contigo.. mas mais forte do que esses maus momentos, é a felicidade que sentimos.
O incrível sentimento que tivemos quando fomos à primeira ecografia, quando ouvimos o bater acelerado do teu coração pela primeira vez, o teu primeiro pontapé, quando o médico disse que iriamos ter um forte rapagão - e meu deus! quão feliz estava o teu papá quando soube que era um rapaz!

Juntos temos vivido momentos incrivelmente bons. Os pontapés que dás durante a noite quando o papá põe a mão na minha barriga, os pontapés de bom-dia, os movimentos adoráveis quando falo contigo.. Esses são os nossos preciosos momentos, certo pequeno D? É a nossa maneira de mostrarmos o quanto já nos amamos!

Eu ainda sinto receio e a minha mente ainda está cheia de dúvidas e preocupações mas posso dizer-te, com toda a certeza do mundo, que não puderíamos estar mais felizes por te ter, não foste planeado, é certo, mas queremos-te mais do que alguma vez possas imaginar e amamos-te com todo o nosso coração.

E eu prometo-te pequenote.. Irei estar sempre a teu lado, nos bons e maus momentos, para te pôr de pé quando caíres, para partilhar a tua felicidade em cada conquista da tua vida.
Prometo mostrar-te sempre o quão amado és. Vou mostrar-te que, não importa a situação, deves sempre ser e amar quem és. 


Vamos amar-te e proteger-te agora e para sempre pequeno D,

A tua mamã!


11 comentários:

  1. Que palavras lindas! Realmente, os meses passaram a correr e tu estás linda! Desejo-vos muitas felicidades <3

    THE PINK ELEPHANT SHOE // GANHA UMA BEAUTY BOX!

    ResponderEliminar
  2. Adorei o post!
    Tá tão cheio de amor e tão cheio de carinho por um pequeno ser que ainda nem nasceu!

    Estou a adorar ler as tuas experiências de futura mamã! Desejo-te tudo de bom e muitas felicidades! Que corra tudo bem para vocês!

    Beijinhos Grandes!! Where I Belong

    ResponderEliminar
  3. Que coisa fofinha :)
    Apesar de não ser do mesmo sangue será sempre um sobrinho e estarei sempre aqui quando for preciso nem que seja para "deseducar" <3

    KISSES FOR 2

    ResponderEliminar
  4. E que Mamã vai ter, e Papá também, tenho a certeza. Essas dúvidas hão de passar. Espero que continues a sentir-te feliz por muito mais tempo. Beijinhos aos três **

    ResponderEliminar
  5. Adorei ler estas tuas tão sentidas palavras e uau, estás uma grávida linda!

    Muitos beijinhos para os três,
    Maggy


    www.atemarteevoltar.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Adorei as tuas palavras, espero que corra tudo bem <3
    beijinho

    Inspiring

    ResponderEliminar
  7. Que carta tão linda, fiquei mesmo emocionada! Quando te conheci nunca imaginava que algo assim iria acontecer tão rápido, mas tenho a certeza de que serás uma ótima mamã <3

    Beijinhos,
    the-mjournal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Que carta tão bonita! Palavras cheias de carinho e amor! Muitos Parabéns e que corra tudo bem! <3 https://bolacha-mariaa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Boa sorte com tudo e muitas felicidades... Esta é das fases mais bonitas, por isso aproveita!!

    Passa pelo blog e deixa a tua pergunta acerca do regresso às aulas.

    http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2017/09/q-regresso-as-aulas-facam-as-vossas.html

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Opa, que texto lindo! Quando me emocionei ;)
    Tenho uma sobrinha a caminho e já a amo tanto.
    Toda a sorte do mundo e tudo a correr bem!
    Ótimo post!

    Xoxo,
    Ciela Unlimited | https://cielaunlimitedblog.wordpress.com/

    ResponderEliminar
  11. Ola querida,
    Adorei de ler esse texto tao fofo *-*.
    Ser mae é uma coisa tao linda.

    Beijinhos com carinho,
    https://oivamossonhar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar